KAVANGO ZAMBEZI

.......................................................

ÁREA TRANSFRONTEIRIÇA DE CONSERVAÇÃO DO KAVANGO ZAMBEZE (ATFC KAZA)

 

Turismo sem Fronteiras
angola botswana namibia zambia zimbabwe wide
quinta, 05 março 2020 08:32
Basta De Barreiras! – Bolsa Holandesa De Lotaria Pós-Código Fundo De Sonho Basta De Barreiras! – Bolsa Holandesa De Lotaria Pós-Código Fundo De Sonho

A maior área de conservação transfronteiriça terrestre do mundo (ATFC), o Kavango Zambeze (KAZA), recebeu um grande impulso para o seu desenvolvimento ecológico e socioeconómico, em forma de uma contribuição de 16,9 milhões de euros da Lotaria Postal Holandesa.

Num prestigiado evento de Gala, na quarta-feira, 4 de Março, em Amesterdão, a bolsa do Fundo de Sonho da lotaria foi atribuída ao World Wildlife Fund(WWF), Peace Parks Foundation (PPF) e African Parks (AP). Estas três principais organizações de conservação sem fins lucrativos uniram esforços para ajudar os Estados parceiros do KAZA a proteger as populações de animais selvagens globalmente significativas da região, a combater os potenciais efeitos das alterações climáticas e a garantir a sua salvaguarda e sustentabilidade, bem como aproveitar os recursos partilhados além-fronteiras e melhorar consideravelmente o bem-estar das comunidades locais.

Localizado no coração da África Austral, entre as bacias fluviais do Okavango e do Zambeze, o KAZA reúne áreas com um mosaico de usos de terra, incluindo áreas protegidas, que se estendem através da fronteiras de Angola, Botsuana, Namíbia, Zâmbia e Zimbabué, num ecossistema transfronteiriço do tamanho da França. KAZA é o lar de cerca de metade dos elefantes da savana africana, 25% dos cães selvagens africanos, quase 20% dos leões do continente, e 15% das chitas selvagens do mundo.

Juntos somos mais fortes

 

A fim de corresponder à intenção estratégica e à escala de ambição de implementar as várias prioridades no KAZA, têm havido esforços contínuos para mobilizar compromissos diversificados de doadores e parceiros. O projecto do Fundo de sonho de cinco anos aumenta o apoio já prestado ao KAZA pelo Ministério alemão para a Cooperação Económica através da KfW e de outros financiadores, e aproxima os Estados parceiros do KAZA a um passo mais próximo de alavancar com sucesso a conservação como o principal motor económico da região, resultando em paisagens prósperas para as pessoas e para a vida selvagem. Isto também está alinhado com a visão da ATFC do KAZA para: "Estabelecer uma área de conservação transfronteiriça de classe mundial e designação turística nas regiões da bacia hidrográfica do Okavango e do Zambeze no contexto do desenvolvimento sustentável."

Dr. Nyambe Nyambe, Diretor executivo do Secretariado da ATFC do KAZA, afirmou: "Estamos muito entusiasmados por receber esta boa notícia. O KAZA está firmemente ancorada no espírito de parceria. A colaboração entre as três ONG de conservação e os Estados parceiros do KAZA na garantia do apoio do Fundo de Sonho é um verdadeiro testemunho disso. Em nome de todos os parceiros, o Secretariado do KAZA estende a nossa mais sincera gratidão aos intervenientes da Lotaria Postal Holandesa, que forneceram o catalisador para parcerias que gerarão impactos reais para as pessoas e conservação dentro da paisagem KAZA."

WWF, Peace Parks and African Parks, trabalhando em estreita colaboração com o Secretariado do KAZA, combinarão os seus pontos fortes únicos numa abordagem integrada focada em três actividades fundamentais: desenvolver refúgios seguros, estabelecer conectividade através de corredores ecológicos, e assegurar rios saudáveis e bacias hidrográficas para o fornecimento de água doce. Além disso, serão colocados recursos para melhorar a capacidade do Secretariado como guardião a longo prazo do KAZA.

Refúgios seguros

Foram identificadas três áreas protegidas para o desenvolvimento, a fim de garantir que os elefantes e outros animais selvagens prosperem, gerando rendimento proviniente do turismo para as comunidades locais. As áreas são o Parque Nacional Luengue-Luiana em Angola, e os Parques Nacionais Sioma Ngwezi e Kafue na Zâmbia. A protecção activa da vida selvagem e da biodiversidade incentivarão os animais migratórios para os portos seguros, o que, por sua vez, abrirá portas para um aumento das receitas turísticas. Isto terá um efeito positivo directo nas comunidades que vivem nestas áreas em termos de emprego e de rendimento.

Conectividade através de corredores

Durante séculos, animais migratórios como elefantes deslocaram-se livremente entre os Estados, seguindo antigas rotas em busca de água, comida e locais de reprodução seguros. A maior migração de mamíferos do mundo pode ser encontrada na ATCF do KAZA, uma vez que milhares de zebras deslocam-se anualmente em viagens de ida e volta de 500 km entre a Namíbia e o Botsuana.

O aumento da pegada humana e o uso não regulamentado da terra resultaram num limitado e fragmentado espaço para os animais se deslocarem. Manadas de elefantes ficam presas em pequenos habitats isolados, bloqueados do acesso a comida e água por cercas e por povoações e terras agrícolas. Isto conduz cada vez mais a conflitos com os seres humanos, colocando uma enorme pressão tanto nas populações da vida selvagem como nos membros da comunidade.

Um pilar fundamental para o sucesso no KAZA é desenvolver importantes gamas de habitats para elefantes e garantir a passagem segura dos elefantes e outros animai selvagens que vagueiam livremente, entre estes refúgios seguros, ao mesmo tempo que se prevê um sustento viável para as comunidades que vivem ao longo destes corredores.

Água como tábua de salvação

Quando confrontados com as alterações climáticas, os rios saudáveis que fornecem água doce são usados como estratégicos de adaptação mais importantes. O foco final deste projeto é garantir o fluxo de água doce no rio Kwando que fornece água potável para as pessoas, vida selvagem e animais; água para a agricultura; e habitat crucial para os peixes que são uma fonte primária de proteína para as pessoas locais.

Uma visão para o futuro

Este projecto não se centra em ganhos de curto prazo ou na prossecução de objectivos naturais de forma isolada. Usando a colaboração inclusiva, a visão partilhada é transformar o KAZA numa paisagem resiliente aos clima que sustenta uma vida harmoniosa entre humanos e a natureza, alavancando uma economia da vida selvagem que se baseia no aumento do valor dos recursos naturais e satisfazendo as necessidades de crescimento sustentado dos 2,5 milhões de habitantes do KAZA.

Para mais informações, contacte:
Dr. Nyambe Nyambe; Director Executivo, Secretariado do KAZA - Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Categories

Kfw
Bmz
Peace
Sadc
Swissfoundation
WWF